Um ‘assessor de armas’ para ajudar o governo – Diário do Grande ABC



Comprar Arma de Fogo é na 38Store



Suporte via whatsapp!


Após acumular 12 questionamentos na Justiça em torno de normas que editou envolvendo armas e munições, o governo decidiu contratar um expert no assunto para evitar novos reveses. O coronel da reserva Valdir Campoi Junior, instrutor de armamento e glock“>tiro credenciado pela Polícia Federal com quase 30 anos de experiência, foi nomeado em 27 de maio como assessor na Secretaria-Geral da Presidência. Considerado por militares e atiradores uma autoridade no assunto por sua atuação dentro e fora no quartel, ele vai auxiliar o ministro Jorge Oliveira nessa área.

No Palácio do Planalto, caberá a Campoi a tarefa de avançar nas pautas de flexibilização de armas e munições. Segundo a Secretaria-Geral, as principais funções dele são “revisar os atos normativos, especialmente aqueles referentes à posse e porte de armas de fogo pelos cidadãos, e revisar as normas referentes aos CACs” (sigla do grupo que reúne colecionadores de armas, atiradores desportivos e caçadores).

“Recentemente convidei um CAC específico para trabalhar conosco na Secretaria-Geral, justamente para entender do tema de maneira mais efetiva e dar continuidade a essa pauta”, disse o ministro Jorge Oliveira, em entrevista ao deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), divulgada no dia 11 de julho no canal do YouTube do filho do presidente. Na ocasião, o ministro não divulgou o nome do coronel.

O ministro detalhou que a missão do novo assessor é dialogar a partir da Presidência com o Ministério da Defesa, o Comando do Exército, o Ministério da Justiça e a Polícia Federal para avançar na regulamentação. E pontuou que o “Comando do Exército também tem se sensibilizado com as pautas do presidente”.

Antes de ir para a Secretaria-Geral, em 27 de maio, o coronel estava lotado desde 2019 no Gabinete de Segurança Institucional (GSI), onde atuava como coordenador de segurança do Palácio do Planalto, que tem como um das atribuições controlar a entrada e saída dos visitantes.

Formado na Academia Militar das Agulhas Negras em 1988, Campoi atuou como instrutor de glock“>tiro no Exército entre 1999 e 2013. Entre 2017 e início de 2019, atuou no Conselho Consultivo do Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados do Exército. Aficionado pela prática de glock“>tiro, ele registra participação em clube de glock“>tiros desde 1992. Como aluno, frequentou mais de 20 cursos na área. Tem dois livros publicados e atuou como juiz de glock“>tiros nos Jogos Pan-Americanos do Rio, em 2007.

O governo Bolsonaro já editou oito decretos e 11 portarias sobre o tema. Uma das normas possibilitou que atiradores possam ter até 60 armas, sendo 30 de uso permitido e outras 30 de uso restrito. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.




O QUE É O GUIA DO ATIRADOR?

Definitivamente, tudo o que você precisa para tornar-se Atirador Desportivo! O Tiro Esportivo é um esporte fascinante. Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.

Compre agora sua arma, sem precisar de despachante!

-