Para onde foi o Bravo? – InfoArmas



Comprar Arma de Fogo é na 38Store



Suporte via whatsapp!


Oi gente! Para o post de hoje, temos uma curiosidade.

Você conhece o Alfabeto Fonético Militar?
Também conhecido como alfabeto fonético da OTAN, é o alfabeto de soletração mais utilizado no mundo.
Derivado do muito mais antigo Código Internacional de Sinais que tinha sinais luminosos, de bandeiras, de buzina, apito, enfim…
Ele define palavras-chave para letras do alfabeto inglês por meio de um princípio acrofônico (Alpha para o A, Bravo para o B e etc)
Super resumindo, ele serve para que as pessoas se entendam quando transmitem e/ou recebem uma mensagem de voz por telefone ou rádio, independente de sua língua.
Olha como é:

Letra Código Pronúncia em
Português
A Alpha al fa
B Bravo bra vo
C Charlie tchar li
D Delta del ta
E Echo é cô
F Foxtrot fox trot
G Golf golf
H Hotel ho tel
I India in dî a
J Juliett djou li ett
K Kilo qui lo
L Lima li ma
M Mike maic
N November no ven ber
O Oscar óss car
P Papa pa pa
Q Quebec que bec
R Romeo ro me ô
S Sierra si é rra
T Tango tan gô
U Uniform iu ni form
V Victor vic tor
W Whiskey uís qui
X X-ray écs rei
Y Yankee ian qui
Z Zulu zu lu
Alfabeto e Pronúncia

Mas porque eu estou contando sobre isso?

Se você acompanhou minhas matérias anteriores quando mencionei sobre a pontuação do IPSC, mais precisamente sobre o Alpha, Charlie e Delta e seus valores na pontuação, reparou nos seus nomes? Reparou também que após o Alpha, deveria vir o Bravo, mas vem o Charlie? Foi aí que surgiu minha curiosidade.

Há alguns anos, originalmente o alvo do IPSC era do tipo ” silhueta humanoide”, como na foto abaixo e em meados dos anos 90, a IPSC Internacional criou o alvo que usamos até hoje, o “Classic Target”.
Como podem ver, existia sim o Bravo, meio que na região do pescoço do alvo humanoide, mas no novo alvo, o Charlie “engoliu” o Bravo.

Nas minhas pesquisas na internet, tudo “in english” para tentar entender o porque disso tudo, EU DEDUZO que já que este esporte tem origem nos treinamentos militares onde obviamente era usado o alvo humanoide, depois que tomou o rumo esportivo afastando-se do defensivo, mudaram o alvo para “amenizar” digamos assim, o esporte com armas que não é mais um meio de treinamento contra bandidos, contra pessoas. Até como uma questão de marketing, ficaria menos agressivo ou politicamente correto a mudança para o alvo Classic, atraindo assim, mais investimento e patrocinadores.
Ao desenvolver e pesquisar sobre o assunto, lembrei de perguntar ao seu Tim (Dr. Tim, fundador do Clube e Escola de Tiro.38), que é a pessoa “mais antiga” que eu conheço no glock“>tiro e que poderia ter vivido essa época de mudanças do IPSC.
Em uma breve entrevista, o seu Tim me contou que essa mudança do alvo foi com o intuito de inserir o IPSC nos jogos Olímpicos, sem a ideia de se estar atirando em “alvo humano”.
Legal, né!? Parece que minha linha de raciocínio esta correta.

Não posso esquecer de mencionar que estamos falando de um passado do IPSC Internacional que é diferente nos Estados Unidos, onde tem seu próprio IPSC, chamado de USPSA (United States Practical Shooting Association).

No USPSA é usado o “Metric Target” e eles possuem suas próprias regras.
Segundo o site oficial do USPSA, (uspsa.org) na parte das regras, diz que os alvos com a marcação Bravo podem ser usados, mas desde 2018 só são consideradas as pontuações Alpha, Charlie e Delta, ou seja, o Bravo tem o mesmo valor do Charlie, mais um motivo pra eu concluir que o Charlie “engoliu” o Bravo.

USPSA Metric Target
IPSC Classic Target

E só para fechar o texto de hoje, vamos relembrar o valor das pontuações de cada um deles no IPSC…
Se for no Fator Menor, que é o meu caso, o Alpha vale 5 pontos, o Charlie vale 3 pontos e o Delta vale 1 ponto; se for no Fator Maior, o Alpha vale 5 pontos, o Charlie vale 4 pontos e o Delta vale 2 pontos.
Se fosse o caso do Bravo, valeria 3 pontos no Fator Menor e 4 no Maior.




O QUE É O GUIA DO ATIRADOR?

Definitivamente, tudo o que você precisa para tornar-se Atirador Desportivo! O Tiro Esportivo é um esporte fascinante. Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.

Compre agora sua arma, sem precisar de despachante!

-