Mundo – NOTÍCIAS – Reino Unido anuncia fundo para população atingida pela revolta



Comprar Arma de Fogo é na 38Store



Suporte via whatsapp!


Entre as medidas anunciadas, governo prometeu estudar se seria certo interromper o uso de serviços de mensagens, como o Blackberry Messenger e o Twitter, caso esses serviços “estiverem sendo usados para violência, desordem e criminalidade”

Kirsty Wigglesworth

REINO UNIDO
Primeiro-ministro britânico classificou a revolta nas cidades da Inglaterra como “vandalismo e delinquência”

A onda de violência que atingiu Londres e grandes cidades da Inglaterra diminuiu nesta quarta-feira. Com o aumento do efetivo policial nas ruas, apenas pequenos incidentes ocorreram nesta madrugada. Na manhã desta quarta-feira, o primeiro-ministro britânico David Cameron voltou a reunir o parlamento para anunciar medidas contra a revolta.

O governo vai criar um fundo, de 20 milhões de libras, para ajudar as empresas afetadas pela revolta, e indivíduos também serão serão compensados. “Eu posso assegurar que qualquer pessoa ou empresa que sofreu danos ou perdas por causa de saques e revolta pode buscar compensação financeira”, anunciou Cameron.

O governo vai manter a polícia nas ruas, mas trabalha com a hipótese de envolver o exército. A polícia receberá mais recursos e terá novos poderes, como autorização para remover máscaras dos manifestantes, e o toque de recolher pode ser usado caso necessário em momentos de extrema violência. Além disso, será criado um grupo ministerial com o objetivo de apresentar um programa de ações para enfrentar a “cultura de gang”.

O primeiro-ministro também anunciou que estuda medidas para evitar que redes sociais sejam usadas para violência. “Nós estamos trabalhando com a polícia e com os serviços de inteligência para ver se seria certo interromper o uso de comunicação via sites da internet e serviços quando esses serviços estiverem sendo usados para violência, desordem e criminalidade”, disse Cameron. Serviços de mensagens, como o Blackberry Messenger, foram usados para organizar saques. Além disso, a polícia prendeu pessoas que usaram redes como Twitter e Facebook para incitar à violência.

Cameron disse que a morte de Mark Duggan está sendo investigada, mas refutou a existência de um elo entre o caso e as violentas manifestações que explodiram no país.

Programa de corte de gastos

Segundo o primeiro-ministro britânico, as causas da revolta não estão relacionadas com pobreza, mas com uma “cultura de gang“. “A responsabilidade pelo crime reside no criminoso. Não se trata de pobreza, o coração do problema é a cultura de gang“, disse.

As autoridades inglesas estão sendo questionadas quanto ao corte de gastos em várias áreas no Reino Unido, principalmente na área social e no orçamento das forças policiais. Moradores das áreas afetadas disseram que o corte nos programas sociais está na raíz da revolta vivida nesta semana, já que reduziu oportuinidades para a população mais pobre.

Políticos da oposição pediram que o governo reconsidere a política de cortes, mas Cameron rejeitou a ideia. “Há uma razão para reduzir esses orçamentos. Isso é porque herdamos uma problema fiscal”, disse, se referindo à crise enfrentada na Europa e Estados Unidos.

Violência

A revolta começou no último sábado, em Tottenham, e se espalhou pelos bairros mais pobres de Londres, além de cidades como Manchester. A morte de Mark Duggan, baleado pela polícia, desencadeou as manifestações, que terminaram em saques, incêndios e ataques à polícia. Mais de mil pessoas já foram presas.

BC




O QUE É O GUIA DO ATIRADOR?

Definitivamente, tudo o que você precisa para tornar-se Atirador Desportivo! O Tiro Esportivo é um esporte fascinante. Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.

Compre agora sua arma, sem precisar de despachante!

-